Voluntariado

 

Esta história é a de uma mãe de família cujo marido percorre as estradas em trabalho, que se ocupa de quatro crianças transbordantes de energia, que é voluntária num clube de idosos e que, a pedido do director da escola pública, aceita dirigir o conselho encarregue do refeitório. À volta da escola a sua filha mais velha, de sete anos, pergunta:
 
- Mamã, então, sempre vais ficar encarregue do refeitório?
 
- Como é que sabes minha querida? - pergunta a mãe mais do que surpreendida.
 
- Bem, - diz a menina - o director veio ao refeitório e perguntou: «Há algum aluno aqui cuja mãe não trabalha?». Eu levantei logo a mão.